RSS

Plano de aula: Tabela e gráfico de barra

Grupo 2-

1 Cleide dos Santos

2 Cleonice Teodoro de Carvalho

3 Cristiano dos Santos Souza

4 Cristiene Ramalho

5 Damaris Cristina Cruz

6 Elizabeth Oliveira da Costa Santos

 Mapa de percurso:

Sistema de numeração¬¬¬¬Números naturais ( calendário, meses, trimestre,…)¬¬¬Números racionais(decimais, sistema monetário)¬¬¬¬Dispositivo em tabelas(figuras geométricas,retângulo)¬¬¬¬Relação entre tabelas e gráficos¬¬¬¬Sistema posicional¬¬¬¬Gráficos e tabelas.

Plano de aula:

Tema: Tratamento da informação.

Conteúdo: Leitura e construção de tabelas e gráfico de barra.

Ano/série: 6º ano.

Número de aulas: 4 aulas.

Objetivo: Relacionar dados de uma tabela com determinação de um gráfico de barra.

Justificativa: Demonstrar que uma representação gráfica facilita a interpretação de alguns dados. (competência leitora).

Competência/habilidade:

Ler, construir e interpretar informações de variáveis expressas em gráficos e tabelas.

Estratégia:  1° momento: Pedir aos alunos que tragam para sala de aula, reportagens que contenha tabelas e gráficos de barra. Numa roda de conversa,  com auxílio do data show demonstrar que tabelas e gráficos apresentam as informações de forma resumida por meio de recursos gráficos, o que facilita sua leitura e interpretação.

Os alunos devem ler com atenção os gráficos, identificar corretamente os dados, solicitados pelo professor, e estabelecer as relações entre as informações apresentadas. A medida que é feita a leitura podem surgir idéias que permitem tirar outras conclusões. Deverão perceber que, a leitura das informações é feita de acordo com o comprimento da barra, seja ela horizontal ou vertical. Após cada um fala sobre seu gráfico.

 2º momento: Com a sala fazer uma coleta de dados, usando tema que fazem parte do cotidiano deles ( música preferida, time de futebol, idade, a matéria que mais gosta hobby preferido, etc…), construir uma tabela apresentando os dados coletados e depois construir o gráfico de barra representando a pesquisa.

Recursos: Jornais, revistas, cartolina, tesoura, lápis de cor, lápis, canetinha, papel craft, papel cartão, pesquisa (coleta dedados),software, excel, internet.

Recuperação: A recuperação será fornecida de duas maneiras contínua e paralela. Sendo a contínua aplicada com uma nova atividade, após ter sanado todas as dúvidas. A paralela, caso necessário com as turmas de reforço.

Avaliação: A avaliação será contínua, partindo do conhecimento do aluno.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 28 de junho de 2013 em Uncategorized

 
Nota

Aprendizado da leitura na escola

.

Para os autores Duffy, Sherman e Roehler (1977), a leitura é um processo que se aprende reconhecendo e compreendendo palavras e frases que se apoiam mutuamente, despertando o interesse das crianças por materiais impressos, brincando e descobrindo significados, com isso, haverá uma melhoria da linguagem e comunicação das crianças com outras pessoas. O aprendizado através do brincar, possibilita ao aluno aprender a lidar com suas emoções e ele começa a adquirir sua individualidade ao mesmo tempo em que considera o meio e os demais.

É necessário ensinar às crianças a linguagem e escrita e não somente a escrita de letras. E durante o período de aprendizagem, o educador deve fazer do lúdico uma arte, um instrumento para possibilitar e facilitar a educação a criança. A prática de permitir à criança o diálogo faz com que ela exponha suas ideias.7

Se a única maneira de dominar o diálogo é praticá-lo, dê a criança sua chance.

J.S. BRUNER, p.225

Aprendizado da leitura na escola

 
Deixe um comentário

Publicado por em 8 de junho de 2013 em Uncategorized

 

Apresentação do Grupo – Cleonice Teodoro de Carvalho

Olá pessoal ! Professora há 28 anos. Adoro minha profissão! Sinto bem quando estou com meus colegas de trabalho e também com meus alunos.Apesar das críticas em relação ao nosso trabalho e também ao nosso salário, é gratificante saber que podemos fazer algo pelos  nossos alunos, mesmo quando conseguimos poucos resultados. Não desanimem!

 
Deixe um comentário

Publicado por em 5 de junho de 2013 em Uncategorized

 

Depoimentos de leitura e escrita

Cristiene Ramalho -

Me lembro de que quando criança meu pai assinava os gibis da turma da mônica e comecei a me interessar pelas estórias e tentar lê-las.
Minha mãe também sempre lia estórias e minhas tias frequentemente nos davam (a mim e a minha irmã) livros – nós tinhamos uma coleção da Walt Disney com os clássicos que eram acompanhados por pequenos discos – de vinil, chamados de compactos.
Lembro-me que nós viajávamos com as estórias da Branca de Neve e os sete anões, Bambi, etc…

é isso…
Da minha infância lembro-me de poucas coisas…

Cleide dos Santos -

Acredito que a leitura é primordial para que todos consigam interpretar, entender decifrar qualquer disciplina, seja ela qual for. Mas é um exercicío que tem que ser práticado sempre. Quando criança eu e minha irmã trocavámos gibis e romances (Sabrina, Bianca,..) na banca de jornal, era a única forma que tinhamos para obter novas estórias. Durante todo o meu percurso escolar li muitas obras solicitadas pelos professores, o que ajudou ainda mais gostar da leitura.
Uma de minhas experiências com a leitura, foi a de ler histórias infantis para os meus filhos, e despertar neles o gosto pela leitura, hoje vejo que valeu a pena, a minha filha adora ler e sempre compartilha comigo o que está lendo.

Elizabeth Oliveira da Costa Santos -

A leitura é algo que deve ser introduzida na vida do aluno desde cedo ,nos anos iniciais,textos do tipo : fábulas ,histórias em quadrinhos entre outros auxiliam bastante as crianças a tomarem gosto pela leitura ,pois a fazem viajar ,imaginar aguçam o seu lado criativo e nós sempre que possível devemos trazer um texto interessante para que os alunos leiam e também possam discutir em grupo,debater e explorar assim suas idéias e criticidade
Desde pequena sempre adorei ler, começei pelos textos do Monteiro Lobato pois tinha uma professora na 3 série ( 4 ano) que trazia toda a coleção ,então me apaixonei pela leitura.

Cleonice Teodoro de Carvalho -

Apesar de ter tido pai analfabeto e órfã de mãe, me apaixonei pela leitura desde que aprendi a ler as primeiras palavras. Tudo eu lia: rótulos de produtos, placas, lia e relia meus livros escolares; eram os únicos que eu possuia.Esse prazer pela leitura aumentou quando ganhei da minha professora da 2ª série um livro chamado “Na fazenda do ipê amarelo”. Foi quando eu descobri que havia outros estilos literários e não somente os livros didáticos.Na minha vida como na vida das pessoas das mais variadas atividades, afirmam que a literatura, quer apenas para leitura ou para a autoria de uma obra escrita, tem um poder fenomenal sobre a mente e o espírito das pessoas, transformando conceitos que supostamente já estavam enraizados. Essa nova visão da vida através da literatura, faz renascer um novo ser humano, muito mais consciente e muito mais feliz!

Damaris Cristina Cruz -

Tive um Pai extremamente Maravilhoso, que me incentivou sempre em tudo em minha vida, e aprendi a ler indo em bibliotecas com ele, ele me deixava com água na boca para ler os livros eu só reconhecia as figuras começei a ler com 4 anos e meio, por causa do meu pai, na escola sempre fui oradora, meu pai levava a mim e ao meu irmão na biblioteca para trocar toda semana os livros me lembro que eu lia os livros em um dia e já queria buscar mais, este foi um incentivo maravilhoso para minha leitura e escrita, o incentivo é importante para conhecer as suas concepções é fundamental para que o educador possa refletir seriamente sobre a importância que ela tem para o educando como processo de ensino/aprendizagem. Assim, em uma sociedade em que prevalece a tecnologia e a transmissão de cultura, o educador precisa conhecer as estrategias de leitura e procurar desenvolver no educando o domínio dessas estratégias, possibilitando, desta forma, uma leitura significativa e principalmente a função que ela exerce tanto dentro como fora do ambiente escolar. Por isso, deve-se levar em conta que escola e sociedade estejam comprometidas com a leitura, com a formação de leitores para toda a vida.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 5 de junho de 2013 em Uncategorized

 

Apresentação dos membros do grupo

 

Image

Olá sou Elizabete Oliveira, professora de matemática do ensino fundamental e médio da rede pública . 

Cleide dos Santos 

Sou professora a 22 anos. Adoro fazer palavras cruzadas e jogar jogos de raciocínio na internet. Espero adquirir experiências inovadoras para utilizar em minhas aulas.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 4 de junho de 2013 em Uncategorized

 

Apresentação do grupo

olá 

Este blog faz parte de um curso de formação a distância de educadores.

Este curso teve iniciou pela Secretaria da Educação do Estado de São Paulo em parceria com as diretorias de ensino( D.E. Itaquaquecetuba ), o objetivo deste, é trazer novos conhecimentos e tendências da área educacional, para um melhor desenvolvimento em sala de aula, de professores e alunos.

Read the rest of this entry »

 
Deixe um comentário

Publicado por em 4 de junho de 2013 em Uncategorized

 
 
Novas Tendências Educacionais

Tendências Educacionais

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.